Total de visualizações de página

sábado, 1 de junho de 2013

Ipacol


DISTRIBUIDORES DE BIOFERTILIZANTES
SÃO OS DESTAQUES DA IPACOL
Empresa é líder em equipamentos para este mercado.

         A aplicação de biofertilizantes é um meio efetivo para aumentar a produtividade das lavouras, havendo ainda maior rendimento quanto maior for o aumento da dose dos fertilizantes de origem animal. Em função de suas características químicas de alto potencial fertilizante, pode substituir em parte ou totalmente a adubação química e contribuir significativamente para a redução dos custos de produção.
         Tendo consciência da importância da adubação orgânica no contexto cada vez mais moderno da agroecologia, e sabendo da importância do biofertilizante como fonte de matéria orgânica mais lembrada quando se fala em adubos orgânicos, a Ipacol Máquinas Agrícolas, fabricante de produtos para alimentação animal e distribuição de fertilizantes, destaca nesta nova edição da Expodireto Cotrijal, que acontece entre os dias 4 a 8 de março de 2013, sua completa linha de Tanques Distribuidores de Biofertilizantes que tanto podem ser acoplados em tratores quando chassis de caminhões para percorrerem grandes distâncias com autonomia.
“Temos os mais eficientes tanques do mercado, sejam com bombas de palhetas para geração de vácuo ou lobulares, de grande capacidade para bombear líquidos de alta e baixa viscosidade, contendo grande quantidade de produtos sólidos em suspensão”, assinala o diretor comercial da empresa, Luis Carlos Parise. Ele complementa dizendo que com a evolução do mercado de produtos orgânicos, os equipamentos para distribuição de biofertilizantes precisam ter não só capacidade de carga, mas tecnologias que solucionem questões como precisão na distribuição do produto no solo.
A Ipacol possui mais de 30 anos de expertise na fabricação destes equipamentos. Os tanque Ipacol são desenvolvidos para transporte e distribuição de adubo orgânico líquido de suínos e bovinos. Possuem sistemas de homogeneização da carga, carregamento rápido e distribuição com bombas de excelente eficiência resultando em baixas perdas de nutrientes. A linha de tanques Ipacol atende deste 1000 litros até 18.000 litros.

Vídeo: video

Jumil


A Jumil, empresa de máquinas agrícolas, com 70 anos no mercado e presente em mais de 32 paises,  desenvolveu duas novas plantadeiras, o modelo JM 8080 PD Magnum e a JM 8090 Exacta Terra Jumil. De acordo com o presidente do conselho administrativo, Rubens Dias Morais, “inovação e tecnológica é o forte da nossa empresa, e oferecer implementos ao produtor que busca agricultura de precisão é a expertise da empresa. E explica “no Sistema Exacta, desenvolvido com exclusividade pela JUMIL a fertilização é efetuada a lanço, em operação separada, ganhando com isto tempo e eficiência neste processo melhorando a produtividade na hora do plantio.
Outras características dos novos produtos são o chassi dividido em três secções, que vão de 13,8 metros a 17,8 metros, que quando em posição de transporte ficam em 6,3 metros. A capacidade em linhas corresponde a 29,33 linhas e 39 linhas, tendo também um cabeçalho telescópio e sistema de articulação que elimina o trabalho de desmontar, explica Flávio Trezza, gerente  de vendas da empresa.
O sistema de computador a bordo permite que o condutor da máquina obtenha informações sobre o plantio na cabine do trator, utilizando-se da tela do computador, onde consta todas as operações do implemento em atividade.  Detalha o gerente de marketing da JUMIL, Gustavo Oliveira, que explica ainda que o computador de bordo é abastecido por meio de informações emitidas por drives que passam pela válvula central do comando hidráulico, que está ligado ao sistema elétrico-hidráulico.
Empresa brasileira exporta inovação tecnológica
A empresa que tem sede em Batatais celebra a 20ª edição da Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), e leva do dia 29 de abril a 3 de maio um estande inovador, reforçando a preocupação com tecnologia aliada a produtividade.  E este ano o destaque como enfatiza Gustavo Oliveira é o Integração lavoura e pecuária para recuperar áreas degradadas, que esta despertando a curiosidade dos compradores estrangeiros

O produtor rural precisa de empresas que pensem sempre a frente das necessidades, assim a JUMIL desenvolve equipamentos para a ILP. Uma técnica cada vez mais utilizada no país é a Integração Lavoura Pecuária (ILP). Esse sistema mistura a produção a curto prazo de uma cultura agrícola – por exemplo, um grão que se desenvolve em 120 dias  e a pecuária, que, dependendo do animal, leva entre três a quatro anos.  Como explica o gerente de vendas Flávio Trezza, é um sistema que ajuda na recuperação de áreas de pastagens degradadas. Assim as máquinas ajudam na preservação da propriedade, e a Terra Exacta atende a esta necessidade, por estar equipado com um sistema de plantio de pastagens.

Vídeo: video

LS Tractor

LS TRACTOR ENTREGA O PRIMEIRO TRATOR
COMERCIALIZADO NO BRASIL
         Cliente nº 1 da empresa coreana é do Rio Grande do Sul

         A Fazenda Santa Flora, de Eldorado do Sul, Rio Grande do Sul, é o primeiro cliente da fabricante de tratores coreanos, a LS Mtron, dona da marca LS Tractor, que está já se atuando no Brasil. Através da concessionária GlobalMac, o administrador da propriedade, Irineu Vieira Rosa, fechou a compra para a aquisição do modelo P80, de 80 cv. Para celebrar o negócio, a entrega será feita no dia 1º de maio, às 14h30, na Agrishow, no estande da LS Tractor. Na solenidade estará presente o presidente da LS MTron Brasil, James Yoo.
         Segundo Irineu, influenciou muito na decisão pelo trator da LS Tractor a alta qualidade do produto em seu conjunto, deste o acabamento até de todos os sistemas mecânicos que ele possui. Além disto, a garantia de dois anos no produto. “Chamou a atenção também a questão da tomada de força de 3 velocidades, o giro de 55º, facilidade de operação e o fato de ter uma série de benefícios já vindo de fábrica, e a relação de preço ante os concorrentes. “Ao final, o custo benefício foi bastante favorável para a LS Tractor”, comentou o administrador. Irineu afirmou que a propriedade é especializada na produção de alfafa e feno, dedicando cerca de 207 hectares para esta atividade.

Vídeo: video

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Agritechnica

AGRITECHNICA É A VITRINE DAS TENDÊNCIAS
EM MÁQUINAS AGRÍCOLAS
Feira acontece em Hannover, Alemanha, em novembro
e será lançada no Brasil, durante o Agrishow 2013

         Qual a última tendência em eletrônica embarcada? E o mais recente lançamento para as questões da irrigação? Como vão ser os tratores e as plantadeiras dentro de dois a três anos? O que a indústria de componentes está preparando em termos de inovações tecnológicas? Respostas para estas perguntas podem ser encontradas nos 388 mil m² que abriga cerca de 2700 expositores, de 47 países, dentro daquela que é considerada a principal vitrine da indústria de máquinas e implementos agrícolas do mundo, a Agritechnica. A feira acontece entre os dias 10 e 16 de novembro de 2013, em Hannover, Alemanha e segundo a entidade organizadora, a DLG, já está com um 10% a mais de expositores que a edição anterior, de 2011.
         “Todos os principais fabricantes de todo o complexo sistema de máquinas e equipamentos agrícolas estarão presentes na feira”, afirma o gerente de projetos da Agritechnica, Freya von Rhade, acrescentando que o evento se tornou a grande plataforma global para fabricantes e fornecedores da indústria. “Somos visitados por mais de 419 mil pessoas de vários cantos do mundo, sendo parte deste público composto por designers, engenheiros de produto, produtores rurais, empresários, todos em busca de informações sobre o que está acontecendo de novo neste universo agrícola e o que eles podem aproveitar em seus países, em suas fábricas”, assinala Von Rhade.
         Durante a Agritechnica acontece um extenso programa de eventos especializados no setor, com a presença de especialistas conhecidos internacionalmente. Além disto há conferências, reuniões e salas de debates, rodada de negócios e um grande espaço para intercâmbio internacional de experiências. “Ela é considerada o mais importante fórum sobre o futuro do setor agrícola”, ressalta o executivo, informando ainda que dirigentes da entidade organizadora, a DLG, estarão participando da Agrishow 2013, em Ribeirão Preto, onde deve ocorrer, no dia 30, as 16hs30 uma Coletiva de Imprensa para informar mais detalhes sobre o evento.   
  Como explica o gerente de vendas Flávio Trezza, é um sistema que ajuda na recuperação de áreas de pastagens degradadas. Assim as máquinas ajudam na preservação da propriedade, e a Terra Exacta atende a esta necessidade, por estar equipado com um sistema de plantio de pastagens.


vídeo:  video

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Metalfor


METALFOR ABRE SUA VITRINE DE TECNOLOGIAS
E EXPÕE SEU PORTFÓLIO DE PRODUTOS
Empresa apresenta Colheitadeira, Pulverizadores e Distribuidores de fertilizantes no Agrishow 2013

         “O potencial agrícola brasileiro como principal fornecedor de grãos e seus derivados, base na alimentação e pelo posicionamento que o pais tem tomado como mercado emergente em constante crescimento traz para a Metalfor empresa argentina com fábrica no Brasil, imensa possibilidades de expansão e de mostrar e oferecer o que tem de melhor em tecnologia de pulverização, distribuição de fertilizante e agora, em colheita”. Com esta afirmação o presidente da Metalfor, Luis Angel Dadomo sintetiza qual a visão da empresa sobre o Brasil e porque ela está trazendo para o Agrishow 2013, suas mais recentes novidades. “A Metalfor esta ampliando sua oferta de produtos no mercado brasileiro, primeiro para afirmar mais que nunca que esta no país para ficar e crescer, e depois, oferecer dia a dia os melhores equipamentos na área de grãos (colhedora) e de proteção de culturas (pulverização)”, salienta o executivo.
         Conforme detalhe o gerente geral da empresa para o Brasil, Guillermo Zegna, Serão mostrados aos visitantes a colheitadeira Metalfor Araus Axial Max 1475 uma maquina classe VII, de rotor axial, motor de 350/370 hp, plataforma de 30/35 pés e tanque graneleiro de 12.000 litros, e é apresentada pela primeira vez no Brasil, a linha de distribuidores com três modelos o Distribuidor Autopropelido 7050 de 4000 litros de tanque graneleiro e dois modelos de Arrasto o FSA 8000 H e o FSA 16000 H, de 4000 e 8000 litros, (lançamentos) todos equipados com sistemas de taxa variável, balanças e tanque graneleiro em aço inox parafusado, esteira transportadora em borracha independente. Além disto, no autopropelido existe um diferencial que é um vão livre de 1,70 para aplicações em culturas de estagio avançado.
Já na linha tradicional de produtos da marca no Brasil, os pulverizadores, a empresa esta lançando sua renovada linha de autopropelidos Multiple AB, com 4 versões de capacidade de tanque de 3200, 3000 e 2500 litros 4x2 e a versão hidrostática 4x4, com






opções de barramentos de 32, 28 e 25 metros e a ultima tecnologia embarcada em controladores, GPS, desligamento automático de seções e pilotos automáticos.  Também na linha de pulverizadores autopropelidos a empresa monstra novidades de maior barramento e bitola no modelo menor, a Futura 2200 AB, agora de 25 metros e bitola de 2,70 metros. “Creio que com toda esta gama de produtos, vamos atender muito bem às necessidades do mercado, com produtos que possui tecnologia e garantem alta produtividade no campo”, assinala Zegna.

         Sobre a Empresa - A METALFOR nasceu no ano de 1974, fundada por Luis Angel Dadomo, na localidade de El Fortin, no noroeste da província de Córdoba, Argentina, com o objetivo de fabricar implementos agrícolas. Sua linha de produtos começou com pulverizadores, onde se especializou e firmou a marca como uma das mais importantes na Argentina. Em 2001 abriu sua fábrica no Brasil, em Ponta Grossa, PR, onde fabrica os mais diversos produtos para atender a este mercado. Atualmente exporta para vários países. 
Vídeo:  video

Krone

KRONE APRESENTA NO BRASIL ENFARDADEIRA BIG PACK
RECORDISTA EM FARDOS PARA BIOMASSA
Produto é distribuído pelo Grupo Bouwman, de Castro, Paraná.
Alta produtividade. É o que o produtor rural que trabalha com produção de fardos para seu rebanho pode esperar da nova BiG Pack High Speed, da centenária empresa alemã Krone, uma das principais marcas fabricantes de produtos para este segmento enfardar, enleirar, colher para silagem entre outros e que no Brasil é distribuída há dois anos, pela paranaense Grupo Bouwman.
A Big Pack High Speed foi a única na história a atingir a marca das 50 toneladas de material enfardados por hora, quebrando o recorde atual de 46 toneladas/hora que já era da KRONE e atingiu picos de produção de 58 toneladas por hora. “Isto significa uma alta produtividade, fazendo com que o produtor possa em menos tempo terminar o serviço no campo, ou até, planejar aumento de área, pois ele vai poder colher com mais rapidez”, assinala o gerente comercial para da Krone para o Brasil, Rafael Bouwman.
Conforme o executivo, esta enfardadeira possui como características uma alta velocidade desde o corte até a produção dos fardos. Maior frequência de curso do pistão leva a densidades de fardos significativamente maiores, embala até nove fardos pequenos em um grande fardo, Sistema de empacotamento de Alta Densidade, entre outros. “è realmente uma revolução para este segmento de produto”, assinala.         
Biomassa – Outro segmento no qual a Krone tem expertise é o de produção de fardos para biomassa, para queima em fornos e substituição da madeira. Em um trabalho já comprovado da sua eficiência, em uma usina paulista de cana, quatro máquinas modelo BiG Pack 1290 HDP XC equipadas com PreChop estão trabalhando para enfardar a palha da cana, resolvendo grandes problemas ambientais que a usina possuía, pois a palha precisava de um destino, e criou ainda uma solução para o fornecimento de energia para as caldeiras. O objetivo do projeto era atingir


até março de 2013 (iniciado em agosto de 2012) 74.000 toneladas de palha picada e enfardada. Os números atuais encontram-se perto das 60.000 toneladas. “Cada máquina tem capacidade diária de enfardamento de 250 fardos de 650 kg, com dimensoes de 1,20 x 0,9 x 2,4m (largura x altura x comprimento)”, assinala Rafael.
Segundo o gerente comercial da Krone, este acessório PreChop é responsável por realizar uma picagem efetiva do material, antes do processo de enfardamento. A granulometria média fica entre 50 e 100 mm, sendo o único processo que permite a queima simultânea do material, sem necessidade de rotores estacionários na Usina. Rafael explica que as caldeiras das usinas foram projetadas para queima de material com granulometria pequena. Não há possibilidade de alimentar estas caldeiras com palha inteira de cana de açúcar, pois isso causaria o entupimento e problemas de alimentação, variações na temperatura de queima, entre outros. “Para que a palha possa ser utilizada nas caldeiras, portanto, ela necessita estar picada e ser misturada ao bagaco. Desta maneira a palha pode ser injetada na caldeira sem problemas”, informa o executivo.
Rafael diz que não existe no mercado sistema de picagem e enfardamento simultâneo, portanto após trazer a palha enfardada do campo, ainda necessitam de picadores estacionários para reprocessar a palha antes da queima. “Estes rotores custam em torno de R$ 1 milhão e tem baixíssima eficiência. “Nosso PreChop é o único capaz de trazer a palha picada do campo, pronta para queima, dispensando a utilização dos rotores estacionários, extremamente caros e ineficientes”, explica, acrescentando que na sua opinião, com o apelo pela preservação do meio ambiente e utilização de palhas de culturas para outros fins, o mercado de equipamentos para biomassa vai explodir neste ano e no próximo, “sendo que já estamos em negociações com muitas outras usinas para início de projetos”, conclui.
Vídeo:  video